Unicamp e Shell inauguram laboratório de biomassa

2 minutos para ler

Dia 25 de novembro será inaugurado o Laboratório de Caracterização de Biomassa na Unicamp, construído com o apoio da Shell Brasil Petróleo, que investiu R$ 7,9 milhões, sendo R$ 6 milhões em obras físicas e aquisição de equipamentos. A contrapartida da universidade foi a cessão do terreno e as obras de infraestrutura urbana e sistema de comunicação. A unidade, vinculada à Faculdade de Engenharia Química-FEQ, prestará serviços de análises para docentes e pesquisadores da universidade, bem como para clientes externos, mediante agendamento.

O laboratório dará suporte às pesquisas em torno da biomassa, mas pode servir a quaisquer outras áreas que precisem de caracterização de sólidos, como afirmou a professora Maria Aparecida Silva, uma das idealizadoras do projeto. De acordo com a docente, o laboratório é constituído por equipamentos novos e por alguns que já estavam em operação no Laboratório de Recursos Analíticos e de Calibração da FEQ. “Nós dispomos, por exemplo, desde microscópio eletrônico até microbiorreatores de última geração”, informou Maria Aparecida.

Esse laboratório compõe orçamento anual de mais de US$ 1 bilhão investido pela Shell em pesquisa e desenvolvimento no mundo.  Em dezembro, a companhia espera inaugurar o maior tanque estratigráfico (destinado ao estudo das camadas de rochas) da América Latina, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-