Troca de luminárias na fábrica da Osram deve gerar 60% de economia de energia

1 minuto para ler

Neste mês, começa o processo de modernização do sistema de iluminação de toda a área externa da planta fabril da Osram em Osasco-SP. Serão substituídas 39 luminárias de vapor de sódio por luminárias de LED do modelo HPMSL. Segundo Everton Mello, presidente da Osram Brasil, “essas luminárias proporcionarão 60% de economia de energia, ampliarão a vida para 50.000 horas e fornecerão luz completamente branca”.

Para completar, sistemas de geração de ar comprimido e ar condicionado foram modernizados. As caldeiras foram eliminadas, agora toda a água quente utilizada nos processos é gerada aproveitando o próprio ar quente produzido pelos compressores, proporcionando economia de energia e segurança na operação. De acordo com a empresa, a eliminação das caldeiras reduziu a emissão de CO2 equivalente em 366 toneladas e gerou R$ 720 mil de economia por ano.

A fábrica, que possui 40 mil m2, é a única da companhia em atividade na América do Sul e possui capacidade de gerar a energia que consome nos horários de pico, das 18 às 21 horas.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-