Simples e decisivo para o sucesso: ouvir sempre a “estrela-guia”

3 minutos para ler

Estudos muito sérios de cientistas trabalhando em instituições respeitáveis mostraram que nos aproximamos de uma Singularidade Tecnológica, nome dado ao momento em que a  tecnologia evoluirá tão rapidamente, que as previsões se tornarão irrelevantes.

Pode parecer ficção científica, mas esse ritmo já tem exemplos bastante convincentes. Gordon Moore, cofundador da Intel, por exemplo, observou nos anos 60 que o número de transistores integrados em um único circuito dobrava a cada dois anos. A lei de Moore foi logo corrigida para 18 meses e, hoje,  os menores transistores ocupam apenas o espaço de algumas centenas de nanômetros. A lei de Moore permite projetar para 2015 – ano que vem! – o desenvolvimento de hardware com capacidade comparável ao cérebro humano.

Para os profissionais da indústria, essa evolução pode ser vista no seu chão de fábrica, na sua mesa de trabalho e, também, nas 173 notícias de produtos, por exemplo, publicada em NEI.com.br, em que celebramos os 40 anos da Revista NEI.

Essa rápida e permanente evolução tecnológica, associada à globalização da concorrência, prioriza a modernização na agenda da indústria, qualquer que seja o nicho de mercado. Desde seu lançamento, em março de 74, a Revista NEI publicou 154 mil produtos, cada um deles uma novidade na época de sua divulgação, cada um deles uma solução para os problemas de qualidade e produtividade. Cada um deles uma sugestão de modernidade.

Este ano, as edições da revista (e também em NEI.com.br) estão incluindo uma nova contribuição para o necessário esforço de modernização. São relatos de mudanças e inovações bem-sucedidas na produção ou gestão de indústrias, testemunhos de como é possível manter-se competitivo. Um desses relatos, que mostra como a Bosch viabilizou o novo Flex Start®, invertendo o ciclo tradicional de comercialização, você confere aqui.

Também na seção artigos de NEI.com.br  você conhecerá como NEI evoluiu, ao longo de 40 anos, para acompanhar a modernização das comunidades de leitores e anunciantes e como chegamos ao estágio atual de abrigar, sob a marca NEI, um elenco de mídias virtuais e impressas sob a denominação de NEI Soluções, que revela o mandamento que respeitamos desde nosso lançamento – em primeiro lugar, ouvir os leitores, anunciantes e usuários de mídias digitais. Eles são nossa estrela-guia.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-