Feiras & Eventos

Rio Infraestrutura gera negócios para os projetos de melhorias do País

novembro 19, 2010
Tempo de leitura 4 min

Feira organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e Fagga Gl events Brasil tem mais de 6 mil compradores de grandes empresas credenciadas.


Aberta nessa quarta-feira, 17/11, a Rio Infraestrutura (Feira de Produtos e Serviços para Obras  de Infraestrutura) gerou até o momento importantes negócios para os expositores. Cerca de 6 mil compradores de empresas públicas e privadas estão credenciados para visitar a feira, que recebeu R$ 4 milhões em investimentos, conta com 170 marcas de produtos e soluções para obras em diversas áreas. Estão sendo apresentadas no evento, máquinas para abertura de estradas, guindastes que suportam até 70 toneladas e até um equipamento usado no resgate dos mineiros no Chile.  Segundo Marly Parra, Vice-Presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado, a motivação gerada nos primeiros dias de evento já sinaliza a realização da segunda edição no próximo ano.

– Alguns expositores geraram negócios na primeira hora de feira – ressalta a executiva.

No primeiro dia de feira, a empresa Rio Máquinas vendeu cinco máquinas, dentre elas uma motoniveladora lançada exclusivamente no evento.  O equipamento, usado para abertura de estradas, foi desenvolvido por técnicos da empresa brasileira em parceria com engenheiros chineses da XCMG. Segundo Armando Manttuano, Diretor Executivo da empresa, fechamos nas primeiras quatro horas de evento mais de R$2 milhões em negócios e pretendemos vender 30 máquinas até o dia 20, sábado.

– Acreditamos que atingiremos nossa meta facilmente, pelo próprio perfil dos visitantes, altamente qualificado – ressalta Manttuano.

Um outro exemplo é a empresa Madal, que levou para feira um guindaste que custa R$ 800 mil (foto), tem 36m, agüenta até 1 tonelada e é movido por controle remoto.  Já a chinesa Sany, que está construindo uma fábrica em São Paulo, por meio do seu concessionário LP Gabor, comercializou duas escavadeiras para a empresa Via Norte e negocia um rolo compactador de 12 toneladas. O equipamento está exposto no evento.

Entre as novidades da empresa está um gerador flex movido a gasolina ou álcool, lançado no evento pela FPT, em parceria com a Grameyer e Jimenez. O primeiro gerador flex do mundo é mais econômico, silencioso e ecologicamente correto. Além de ser de fácil instalação em ambientes fechados e pequenos. O equipamento é destinado a clientes como pequenos hotéis, postos de combustíveis, escolas e comércio de pequeno porte. Entre os negócios gerados no evento está um gerador de 248 KVA, comprado pelo supermecado Gerezim de São Gonçalo.

O evento conta com grandes construtoras, empreiteiras e incorporadoras; empresas públicas, governos, prefeituras, secretarias e autarquias; instituições financeiras e bancos; empresas privadas e investidores; Autoridade Pública Olímpica (APO); organizadores de eventos esportivos; concessionárias de rodovias, ferrovias e aeroportos; hidrelétricas e usinas; portos e terminais de carga; e redes hoteleiras.

Entre as empresas participantes estão a Madal, Ergomax Sany, Meincol, Sotreq As, Tka Guindastes, Dancor S.A. Indústria Mecânica, Newton, Gascom, Pw Hidro, Iveco, Bmc, Aerzen, Etruria, Volvo, Gedore, Atlas Copco, Ducargo Logística, Fpt Powertrain, Carbat Do Brasil, Boomerang Systems, Conex, Transdata, Arcelormittal, Delta, Armo Staco, Andrade Gutierrez, Eco Aterro, Lfl – Zoomlion, Soluções Pré Moldadas / Pnn, Baska, Consórcio Arg-Civilport, Bh Máquinas, Carvalhão, Karga Rio, Gh Supply, Desmontec, Superpesa e Queiroz Galvão.

Investimentos no país

As mais de 1.400 obras de infraestrutura previstas para o país e a procura por mão de obra especializada são importantes impulsionadores de negócios para o Rio de Janeiro. O Governador do Rio, Sérgio Cabral e o Ministro das Cidades, Márcio Fortes, estiveram na abertura do evento e ressaltaram a importância dos negócios gerados no evento. Cabral disse que a Rio Infraestrutura é resultado do esforço da iniciativa privada, do Estado do Rio de Janeiro e que é um entusiasta do projeto desde o inicio.

– Vibrei muito por ver o Rio de novo no cenário nacional das feiras. O Estado do Rio de Janeiro, cuja capital receberá a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, espera receber até US$ 90 bilhões em investimentos durante os próximos três anos – afirmou Cabral.

Já o Ministro ressaltou os investimentos no estado na ordem de R$ 2,7 bilhões, que acabam de ser liberados para a 2ª parcela do PAC 2.

– Estamos negociando mais R$ 12 bilhões de investimento do Governo com o Presidente Lula, que está nos ajudando a criar condições para uma grande Copa e Olimpíadas – disse Fortes.

De olho no treinamento de profissionais especializados, a Arcellor Mittal levou para o evento o caminhão-escola. O projeto faz parte do Programa Mestre ArcelorMittal, que promove cursos gratuitos de capacitação de pedreiros e mestres de obra.  Ao todo cerca de 50 pedreiros participarão dos cursos, diariamente.

Durante o evento acontece a Conferência Rio Infra 2010, que discutirá soluções no setor diante da demanda de infraestrutura, principalmente na cidade do Rio de Janeiro. A mesa contará com a presença de representantes do governo, entidades de classe e investidores com foco nas oportunidades de negócios nos três temas centrais do encontro: Planejamento, Estratégia e Investimentos; Planejamento Urbano – Habitação, Saneamento e Transporte; e Energia e Telecom.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743