Recordes nacionais: processamento de petróleo e gás natural

2 minutos para ler

A Petrobras bateu o recorde diário de processamento de petróleo em suas 12 refinarias brasileiras. A carga refinada no dia 30 de março alcançou 2,137 milhões de barris, elevando em 12 mil a marca de 2,125 milhões de barris registrada no último dia 3 de março. As informações foram divulgadas pela empresa no início desta semana.

Grande parte do resultado é atribuído à maior refinaria da Petrobras, a de Paulínia (SP), cuja capacidade de processamento atingiu 396 mil barris por dia. No exterior, a companhia tem três refinarias, cujo processamento é reduzido.

Além disso, o País bateu recorde em fevereiro na produção de gás natural, atingindo 76,5 milhões de metros cúbicos por dia. O recorde anterior havia sido obtido em dezembro do ano passado, com média de 76,2 milhões de m³/dia. Na comparação com fevereiro de 2012, houve aumento de 14,1%. As informações também foram divulgadas nesta semana pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP.

O campeão em produção é o Campo de Manati, na Bacia de Camamu (BA), que apresentou média de 6,6 milhões de metros cúbicos por dia.

Dos 20 maiores campos de petróleo, 18 são operados pela Petrobras e dois por empresas estrangeiras: Peregrino, pela Statoil, e Ostra, pela Shell. Dos 20 maiores campos de gás, apenas um não é operado pela Petrobras: o de Gavião Real, da OGX Maranhão.

Fonte: com informações da Agência Brasil.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-