Projetos para aquisição de máquinas e equipamentos impulsionam desempenho histórico do BNDES

1 minuto para ler

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES fechou o primeiro semestre de 2013 com o melhor desempenho já obtido pelo Banco em toda sua história. Foram desembolsados R$ 88,3 bilhões para projetos de todos os setores, com alta de 65% em relação ao mesmo período do ano passado.

O principal destaque foram as liberações do Programa BNDES de Sustentação do Investimento – BNDES PSI, que financia principalmente máquinas e equipamentos. A alta foi de 230% no semestre, atingindo R$ 42,6 bilhões, sendo que R$ 21,9 bilhões destinaram-se às micro, pequenas e médias empresas. Considerando as companhias de menor porte, o total liberado foi de R$ 32,4 bilhões, representando 37% de tudo que foi desembolsado pelo BNDES no período.

O setor industrial recebeu R$ 29,5 bilhões do Banco (aumento de 93%) nos primeiros seis meses de 2013. Todos os segmentos da indústria tiveram expansão, com destaque para química e petroquímica, mecânica e material de transporte.

Para a infraestrutura, o BNDES liberou R$ 27,3 bilhões, com aumento de 36% na comparação semestral.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-