Economia, Energia

Plano Inova Energia nasce com R$ 3 bilhões para incentivar inovação no setor

abril 5, 2013
Tempo de leitura 2 min

Com orçamento de R$ 3 bilhões, dos quais R$ 600 milhões são da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, R$ 1,2 bilhão do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES e R$ 1,2 bilhão da Financiadora de Estudos e Projetos – Finep, o Plano de Apoio à Inovação Tecnológica do Setor Elétrico – Inova Energia objetiva o fomento e a seleção de planos de negócios que contemplem: atividades de pesquisa; desenvolvimento; engenharia e absorção tecnológica; produção e comercialização de produtos; processos e serviços inovadores.

Os candidatos devem apresentar planos de negócios relacionados a três linhas temáticas:

1) RedesElétricas Inteligentes (Smart Grids) e Transmissão em Ultra-Alta Tensão – UAT;
2) Geração de Energia Solar e Eólica;
3) Veículos Híbridos e Eficiência Energética Veicular.

As empresas selecionadas poderão acessar crédito em condições diferenciadas, com subvenção econômica e financiamento nãoreembolsável para pesquisas realizadas em Institutos de Ciência e Tecnologia – ICTs.

Público-alvo
Empresas brasileiras com interesse em empreender atividades de inovação relacionadas a alguma das linhas temáticas, bem como em produzir e comercializar os produtos e serviços resultantes dessa atividade.

Parceria
Com o objetivo de possibilitar o desenvolvimento de soluções completas, a formação de parcerias entre empresas e entre empresas e ICTs será estimulada. Essas parcerias deverão contar com uma empresa-líder, que obrigatoriamente deve ser uma companhia independente ou pertencente a um grupo econômico que possua receita operacional bruta igual ou superior a R$ 16 milhões ou patrimônio líquido igual ou superior a R$ 4 milhões.

Com exceção da Linha 1 “Redes Elétricas Inteligentes (Smart Grids)”, companhias com receita operacional bruta entre R$ 5 milhões e R$ 16 milhões poderão apresentar plano de negócios, desde que anexando carta indicativa de interesse emita por empresa concessionária do setor de energia elétrica.

Para mais detalhes, acesse aqui.

Você também pode gostar

1 comentário

  • Responder Engº Agrº Celio Luís Franco de Almeida abril 9, 2013 at 12:16 pm

    Na minha opinião esqueceram na linha 2 a energia vinda da biomassa.

  • Deixe um comentário


    Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743