Monsanto celebra “bodas de ouro” inaugurando nova planta

2 minutos para ler

Para comemorar 50 anos de atividades no Brasil, a Monsanto inaugurou nessa segunda-feira, 11 de março, em Petrolina (PE) sua 36ª unidade no País, com 4.337,5 m² de área construída. Com investimentos de US$ 20 milhões, a nova estação de pesquisa deve acelerar o processo de desenvolvimento e lançamento de tecnologias voltadas para milho, soja, algodão, sorgo e cana-de-açúcar.

A unidade conta com 45 profissionais fixos, entre agrônomos, biólogos, administradores e técnicos agrícolas, e prestadores de serviços e temporários, que, durante a safra, poderão chegar a mais de 150 pessoas.

O design dos prédios foi desenvolvido para aproveitar ao máximo a luminosidade. Além disso, foram adquiridos aparelhos de climatização e de iluminação ecológicos, como postes solares. O revestimento das áreas construídas também segue propósito sustentável e, por isso, foi feito com telhas que evitam o superaquecimento e diminuem a necessidade de utilização de aparelhos de ar-condicionado. Possui ainda estações de tratamento de esgoto anaeróbico e reutilização da água na irrigação dos jardins das duas fazendas que compõem a unidade.

Para a empresa, além da infraestrutura necessária para a abertura da unidade, a diferença principal da cidade é o clima ideal para cultivo durante todo o ano. A oferta de mão de obra local qualificada para trabalhar na agricultura também colabora para o desenvolvimento da unidade e da região, segundo informou a companhia.

Nos últimos dez anos, a Monsanto fez investimentos de mais de US$ 1 bilhão no País, aplicados nas várias operações, como sementes e biotecnologia, melhoramento genético e convencional, unidades de proteção de cultivos em Camaçari (BA) e em São José dos Campos (SP), unidades de manufatura de sementes e em pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-