Meio Ambiente

País pode gerar 1,3 GW de energia elétrica a partir dos resíduos sólidos, diz Abrelpe

maio 15, 2015
Tempo de leitura 1 min

O 1,3 GW de energia elétrica a partir dos resíduos sólidos urbanos que o Brasil tem potencial para gerar, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe, equivale ao fornecimento adicional de cerca de 932.000 MWh/mês, suficientes para abastecer seis milhões de residências ou mais de 20 milhões de pessoas.

O estudo da entidade mostra que, se os resíduos sólidos urbanos gerados no País tivessem destinação final adequada em aterros sanitários, seria possível gerar até 536 MW de energia a partir do biogás produzido. Na maioria dos aterros em operação esse gás é apenas captado e queimado, sem exploração de seu potencial energético.

De forma complementar ao biogás, há a possibilidade de gerar energia por meio da recuperação energética de rejeitos, ou seja, pelo tratamento térmico do material que não pode ser reaproveitado ou reciclado. Nesse caso, o potencial chega a 742 MW, considerando que, 17% da composição dos resíduos sólidos urbanos são rejeitos, o equivalente a 13 milhões de toneladas por ano.

“Além do potencial de geração de energia, é importante frisar que a adoção de tais soluções traz outros benefícios, como a adequação de um problema de saneamento ambiental, já que envolve a regularização da destinação final dos resíduos; a diminuição do uso de combustíveis fósseis nas usinas termelétricas; e a redução das emissões de gases de efeito estufa, que pode chegar a quase 13 milhões de toneladas de CO2 equivalentes por ano”, disse Carlos Silva Filho, diretor-presidente da Abrelpe.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743