O que é o marketing inbound e por que investir nele?

3 minutos para ler

A internet de fato mudou a forma das empresas negociarem. De acordo com a Weidert Group, 70% das pesquisas realizadas por um comprador B2B, antes de contatar um vendedor, são feitas online. Sendo assim, investir em marketing inbound se tornou fundamental para empresas que desejam ser competitivas em seus segmentos.

Neste post, vamos explicar o conceito de marketing inbound, apresentando boas práticas para sua empresa conquistar mais espaço no mundo digital. Vamos lá!

O que é marketing inbound?

O marketing inbound é uma estratégia que tem como objetivo gerar oportunidades por meio de conteúdos relevantes. Resumidamente, esta metodologia engloba etapas de atração, conversão, venda e relacionamento com os leads, gerando e utilizando dados e informações relevantes. Todo este processo, de acordo a um levantamento da Hubspot, tem um custo 62% menor que o marketing tradicional.

Por meio de diversos canais — mídias sociais, SEO, blog, landing page e conteúdos — são realizadas ações personalizadas para que os interessados em seus produtos e serviços percorram uma jornada até o momento de decisão de comprar. Ou seja, o marketing inbound tornou-se indispensável para as indústrias se posicionarem na frente da concorrência.

Quais as principais práticas utilizadas?

Atraia a audiência certa

O primeiro passo para planejar uma estratégia inbound é definir a sua persona. Quando sua empresa não a conhece, a probabilidade de realizar ações com proposta de valor não relevante aumentam. Aproximadamente 73% dos compradores online se frustram com promoções e campanhas não relacionadas aos seus interesses.

Ou seja, com a persona definida é possível criar um relacionamento ativo por meio das redes sociais, blog e site. Quanto mais sua empresa sabe das demandas do seu público, mais simples se torna definir estratégias de atração dos potenciais consumidores.

Ofereça conteúdos relevantes

Ninguém pode discordar, “conteúdo é rei”, e quanto mais avançados e relevantes eles forem, mais qualificado será o público que você alcançará. No marketing inbound é fundamental fazer a engenharia reversa do processo. Em vez de, inicialmente, fornecer seu produto, é preciso entender os problemas e desafios da sua persona para respondê-los.

No segmento B2B, a concorrência é grande e os compradores têm à disposição todas as informações que precisam. Logo, é necessário conquistar a confiança e garantir sua autoridade no seu segmento.

Estruture o funil de vendas

Atrair o público e manter-se presente utilizando conteúdos relevantes e avançados é importante. Mas, além disso, é preciso fazer este lead percorrer toda a jornada de compra e optar pela sua empresa.

Ou seja, saiba claramente como fazer seu potencial consumidor sair do ponto A para o ponto B. E-mail, por exemplo, traz 2x mais retorno sobre o investimento comparado com as antigas cold calls. Assim como aumentam 77% a geração leads a mais, sendo 82% leads de alta qualidade.

Por que investir no marketing inbound?

Rock Content apresentou que empresas que produzem conteúdos atraem 4,2x mais visitante. Além disso, aquelas que priorizam sua produção, objetivando as etapas da jornada de compra, conseguem até 13x mais ROI positivo.

Portanto, as estratégias de marketing inbound são claramente importantes. Além de contribuir para tornar sua empresa autoridade digital no segmento, permitem que o relacionamento B2B seja eficiente e contribua para o fechamento de novas oportunidades.

Gostou do conteúdo? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro das principais tendências de marketing B2B!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-