Meio Ambiente

Municípios brasileiros terão de implantar sistemas de gestão de resíduos até 2014

setembro 19, 2011
Tempo de leitura 3 min

Nova lei determina a correta disposição de resíduos e obriga as empresas a implementarem sistemas de reciclagem e logística reversa

A partir de 2014, os lixões a céu aberto serão proibidos no País. Com essa imposição legal, todos os municípios serão obrigados a separar os resíduos para fazer o descarte ambientalmente correto. Atualmente, o serviço de coleta seletiva está presente em apenas 18% das cidades brasileiras, porque ela ainda não é obrigatória  em nosso País. Nos grandes cidades brasileiras, cada cidadão produz, em média, um quilo de resíduo por dia.

O lixo é hoje um dos mais graves problemas ambientais do Planeta. A destinação incorreta do lixo nas cidades, por exemplo, entope bueiros, agravando o problema das enchentes que têm resultado em várias tragédias nas cidades no período de chuvas. O Brasil produz por dia mais de 183 mil toneladas de lixo urbano. Mais de um milhão de pessoas trabalham e sobrevivem da reciclagem desse lixo. Mesmo assim, grande parte dessa riqueza vem sendo desperdiçada.

Para discutir soluções e disseminar exemplos e as boas práticas que já surgiram no País, a Planeja & Informa Comunicação e Marketing realizará, no próximo dia 20 de outubro, no Rio de Janeiro, o workshop “Gestão Integrada de Resíduos Sólidos”. O evento tem como tema central as soluções e tecnologias para as empresas e administrações municipais que terão de se adaptar às mudanças introduzidas pela nova Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Entre os temas abordados no evento, estão os desafios a serem enfrentados pelas cidades ao transformar os grandes lixões em aterros sanitários. Pela nova lei os lixões a céu aberto serão proibidos no país a partir de 2014 e todos os municípios serão obrigados a separar os resíduos para fazer o descarte ambientalmente correto. O desafio se mostra gigantesco quando a coleta seletiva atualmente se encontra implementada em apenas 18% das cidades brasileiras.

Tecnologias e soluções para esse novo conceito de gestão serão apresentadas no evento junto a casos de sucesso de cidades do Brasil e até de outros países. Além disso, o financiamento para a gestão integrada de resíduos e a produção de energia a partir do biogás gerado pelo Esgoto Sanitário estão entre os temas abordados no evento.

A nova política se baseia na máxima dos “três erres”: redução, reuso e reciclagem. Por isso, entra em foco o estudo do ciclo de vida das mercadorias que acabam se tornando resíduo sólido em algum momento. De acordo com um estudo encomendado ao Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o país perde cerca de R$ 8 bilhões por ano quando deixa de reciclar o resíduo que é encaminhado aos aterros e lixões das cidades.

A questão do lixo precisa, portanto, envolver todos os cidadãos, empresas, Academia e Poder Público na busca de soluções que evitem que os resíduos sejam descartados de forma inadequada, contaminando solos, rios, córregos e mares, provocando doenças e prejuízos para o meio ambiente.

O workshop “Gestão Integrada de Resíduos Sólidos” tem este objetivo: debater e buscar modelos, soluções e experiências que possam ser difundidas por todo o País, de forma séria e criativa, apontar as fontes de recursos e mecanismos destinados a buscar a capacitação dos gestores públicos e privados, além do engajamento da sociedade.

Para participar do workshop “Gestão Integrada de Resíduos Sólidos 2011”, solicite o formulário de inscrição pelo e-mail cristiana.iop@planejabrasil.com.br ou ligue para (21) 2262-9401/ 2244-6211. As vagas são limitadas.

Links relacionados:
Notícias de produtos
Economia ambiental – Prazer em conhecê-la
Populismo verde: ouça o silêncio
Não sabíamos que sabíamos
“É pau, é pedra, é o fim do caminho…”

Você também pode gostar

1 comentário

  • Responder Thais setembro 20, 2011 at 1:43 pm

    Excelente matéria, realmente já está mais do que na hora de tomarmos providências e cuidar de onde vivemos.
    Grata!

  • Deixe um comentário


    Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743