Cursos & Carreira, Pesquisa & Inovação

Mauá, ThyssenKrupp e Ipdmaq inauguram Laboratório de Comissionamento Virtual

setembro 25, 2013
Tempo de leitura 2 min

Recém-inaugurado no Instituto Mauá de Tecnologia em São Caetano do Sul-SP, o Laboratório de Comissionamento Virtual visa aprimorar a formação dos futuros engenheiros e desenvolver projetos inovadores para a indústria. Trata-se de iniciativa do instituto, da Thyssenkrupp e do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Ipdmaq com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Conta ainda com participação da LWT Software, representante no Brasil da Dassault Systèmes, e da Eviplan, representante dos softwares desenvolvidos pela Lanner.

No início, um robô, dois dispositivos e softwares serão utilizados por estudantes e pesquisadores do Instituto Mauá de Tecnologia e alunos de outras instituições de ensino superior. A ThyssenKrupp, clientes e fornecedores, além de outras empresas interessadas na adoção da tecnologia, também deverão participar de projetos inovadores.

Na prática, o comissionamento antecede o início de uma operação industrial. Após instalação de todos os equipamentos, a empresa testa e ajusta os componentes de cada um deles e, utilizando técnicas, assegura o funcionamento conforme especificações previamente estabelecidas. Nesse laboratório, o comissionamento ocorrerá em ambiente virtual, no qual todos esses componentes e seus respectivos movimentos serão programados em tempo real, o que torna possível prever e evitar problemas no início das operações. Reduz-se dessa forma a demanda de tempo e de recursos humanos e financeiros, quando comparada ao processo tradicional.

Os benefícios do comissionamento virtual incluem ainda a redução de etapas para a integração de uma linha automatizada, nova ou em fase de modernização e mais segurança durante o início do funcionamento.

“Trata-se de uma tecnologia inovadora e que reduz até 30% o tempo de implantação de uma nova linha de montagem”, disse Roberto Kunioshi, diretor de operações da ThyssenKrupp System Engineering. “Também poderemos utilizar essa mão de obra qualificada para as áreas da empresa dedicadas à pesquisa, desenvolvimento e inovação”, comentou Kunioshi.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743