Máquinas e equipamentos recebem 46,3% dos investimentos das indústrias

2 minutos para ler

Em 2011, a indústria brasileira investiu R$ 162,9 bilhões em ativo imobilizado (bens tangíveis da empresa). Considerando os investimentos das empresas com 30 ou mais empregados, o destaque ficou por conta de máquinas e equipamentos industriais, que receberam 46,3% do total investido (em 2010, esse percentual foi de 45,4%). Compras de terrenos e edificações representaram 14,5%; recursos aplicados em meios de transporte somaram 4,3%; e outras aquisições (móveis, microcomputadores, etc) responderam por 31,8% do total investido em 2011. É o que apontou a Pesquisa Industrial Anual realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Ainda de acordo com a pesquisa, dez atividades representam 70,6% da produção industrial. Em 2011, considerando o valor adicionado, os segmentos com maior participação no total da indústria foram fabricação de produtos alimentícios (12,6%); extração de minerais metálicos (9,9%); fabricação de coque, de produtos derivados de petróleo e de biocombustíveis (9,8%); fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias (9,5%); fabricação de produtos químicos (6,7%); fabricação de máquinas e equipamentos (5,3%); metalurgia (4,9%); fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (4,4%); fabricação de produtos minerais não metálicos (3,9%); e fabricação de produtos de borracha e de material plástico (3,6%).

Juntos, esses setores concentraram 70,6% do total produzido pela indústria

Fabricação de produtos alimentícios 12,6%
Extração de minerais metálicos 9,9%
Fabricação de coque e derivados de petróleo e de biocombustíveis 9,8%
Fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias 9,5%
Fabricação de produtos químicos 6,7%
Fabricação de máquinas e equipamentos 5,3%
Metalurgia 4,9%
Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos 4,4%
Fabricação de produtos minerais não metálicos 3,9%
Fabricação de produtos de borracha e de material plástico 3,6%

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-