Mais R$ 92 milhões serão injetados em cinco parques eólicos no Ceará

1 minuto para ler

parque_eolico cópiaOs cinco parques, que entrarão em operação até o fim deste ano, objetiva reduzir a dependência (da região do Ceará) de gás natural e outros derivados de petróleo, além de diminuir a emissão de CO2. Localizados no município de Trairí (CE), os parques terão potência instalada de 136,5 MW e sistema de transmissão integrado.

O financiamento de R$ 92 milhões foi aprovado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, que destinará os recursos a cinco sociedades de propósito específico, controladas pela Enerplan Participações Societárias e FIP BB Votorantim Energia Sustentável I, II e III, responsáveis pelo projeto, nomeado de Complexo Faísa.

Segmento aquecido
Em 2012, O BNDES financiou R$ 3,1 bilhões para a construção de 63 usinas eólicas. Esse valor corresponde, considerando os valores também investidos pelos empreendedores de cada projeto, a R$ 5,9 bilhões.

A previsão do banco para 2013 é crescer 15% o número de operações aprovadas em relação ao ano anterior. A carteira atual do BNDES soma 94 parques eólicos, o que equivale a financiamentos de R$ 6,8 bilhões.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-