Economia

Indústria brasileira busca novos acordos comerciais com os EUA

setembro 17, 2013
Tempo de leitura 2 min

Representantes da indústria estão em Washington DC, nos Estados Unidos, com o objetivo, entre outros, de discutir acordo de livre comércio entre os dois países. A viagem, organizada pela Confederação Nacional da Indústria – CNI, inclui visita a órgãos do Poder Executivo e ao Congresso. Participarão ainda da reunião anual do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos, formado por representantes do setor privado dos dois países.

Diego Bonomo, gerente executivo de Comércio Exterior da CNI, disse que a agenda comercial não pode parar em função das denúncias de espionagem. “Há dez anos o Brasil e os Estados Unidos não têm discussão formal sobre liberalização do comércio”, destacou. Para ele, o momento é oportuno para a retomada da discussão, já que os Estados Unidos dão sinais de recuperação da crise econômica. “Eles vão sair com economia aquecida da crise e estão com agenda de acordos agressiva. O acordo deles com os europeus pode excluir os brasileiros desses dois mercados. Temos de nos posicionar para não perdê-los.”

Na visita também serão debatidas barreiras ao etanol brasileiro e aprovação da nova lei agrícola dos Estados Unidos. A legislação atual, que expira em 30 de setembro, incorpora os subsídios ao algodão concedidos pelo país norte-americano, considerados abusivos pela Organização Mundial do Comércio. Atualmente, os Estados Unidos fazem pagamentos anuais de US$ 147 milhões ao Instituto Brasileiro do Algodão como forma de compensação. “O ambiente político não é favorável [a uma nova lei que exclua os subsídios], mas vamos marcar nossa posição ou exigir que a compensação continue”, declarou.

Fonte: com informações da Agência Brasil.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743