Grupo IMI agrupa suas marcas em três divisões de negócios

2 minutos para ler

O Grupo IMI plc passa por reestruturação global com o objetivo de integrar todas as suas empresas em três áreas. São elas: Precision Engineering, Critical Engineering e Hydronic Engineering. No mundo a integração resultará em mais de 20 marcas e 12 mil funcionários, atendendo 14 indústrias globais. Todas as empresas acrescentaram o nome IMI.

A operação brasileira receberá novos investimentos em inovação de produtos e fábricas, distribuição, serviço ao cliente e suporte pós-venda. No País, atuam quatro empresas: Norgren, Interativa Válvulas, CCI e Tour & Andersson. A América Latina representa hoje 5% do faturamento da IMI.

“Com a mudança estamos dando um passo importante para transformar a IMI em uma grande companhia de classe mundial”, afirmou Ricardo Rodrigues, presidente da IMI Precision Engeneering Latam. “Não estamos apenas mudando de marca, mas estrategicamente compartilhando expertise e tecnologia de todas as nossas divisões. Assim, vamos fornecer um portfólio maior de produtos, além de experiência técnica, presença e recursos internacionais”.

Divisões

IMI Precision Engineering – soluções para automação industrial, controle de fluidos e sistemas pneumáticos para a indústria ferroviária, de veículos comerciais, energia, alimentos e bebidas e life sciences. Marcas: IMI Norgren, IMI Buschjost, IMI Herion, IMI Maxseal e IMI FAS.

IMI Critical Engineering – fornecedor de tecnologias de controle de fluidos para a geração de energia, petróleo e gás, petroquímica, siderurgia e indústria nuclear. Marcas: IMI CCI, IMI Fluid Kinetics, IMI InterAtiva, IMI NH, IMI Orton, IMI Remosa, IMI STI, IMI SSF, IMI TH Jansen, IMI Truflo Marine, IMI Truflo Rona e IMI Z&J.

IMI Hydronic Engineering – marcas: IMI Pneumatex, IMI TA, IMI Flow Design e IMI Heimeier.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-