Gerdau ingressa no mercado de aços planos

2 minutos para ler

A siderúrgica Gerdau promete anunciar em 1º de agosto o seu ingresso no mercado de aços planos com início de operação do laminador de bobinas a quente. Segundo a empresa, o objetivo é atender a demanda da indústria naval, hoje exclusivamente atendida no Brasil pela Usiminas. A operação do novo equipamento na Usina Presidente Arthur Bernardes, em Ouro Branco (MG) ainda depende da aprovação da licença de operação pelo Conselho Estadual de Política Ambiental – Copam, que discutirá a pauta em 30 de julho. Cerca de R$ 2,4 bilhões foram investidos no projeto.

O projeto está dividido em duas fases, sendo que a primeira é ampliar a produção de aço em 870 mil toneladas/ano, produzindo, após a laminação, bobinas e chapas grossas. Já a fase dois prevê incrementar, anualmente, a produção em mais 1,3 milhão de toneladas de aço.

Segundo a Gerdau, durante a primeira fase serão contratados 160 trabalhadores, entre diretos e indiretos, que trabalharão em três turnos.

O aço. Apesar do foco ser a indústria naval, o tipo de aço produzido também é indicado para os segmentos de construção civil, petróleo e gás, máquinas, implementos e automotivo.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-