Ford inaugura fábrica de motores na Bahia com capacidade para 210 mil unidades/ano

2 minutos para ler

Com investimento de R$ 400 milhões e criação de 300 empregos diretos, a recém-inaugurada fábrica de motores automotivos da Ford no Complexo Industrial de Camaçari, na Bahia, produzirá o 1.0 3C Duplo Comando Flex, desenvolvido para equipar o Novo Ka, que chega ao mercado em 2014. A capacidade instalada é para 210 mil motores por ano.

Além de cerca de 40 robôs e carregadores automáticos de peças, conta com 34 centros de usinagem e máquinas especiais para usinagem dos blocos e cabeçotes. Todos os equipamentos da fábrica são conectados via Wifi a uma central de gerenciamento.

A área de produção tem pressão do ar e temperatura controladas para eliminar o risco de contaminação. O sistema de qualidade inclui rastreabilidade de 100% das estações. Com isso, é possível ter o histórico de produção de cada item do motor. Câmeras verificam o posicionamento correto das peças na montagem do motor.

A fábrica conta com laboratório de metrologia. Os sistemas de aferição incluem a medição dos cilindros e mancais do bloco. Um dinamômetro é usado no controle diário da produção.

A validação é imediata e feita por estações de teste ao longo da linha de montagem. Nas três estações de cold-test (teste a frio), os motores são verificados em mais de 350 características técnicas. Há também duas estações de hot-run (teste a quente), que simulam seu funcionamento no veículo.

A unidade de motores utiliza o processo Mínima Quantidade de Lubrificantes nos centros de usinagem do motor. Tem central de ultrafiltragem, que realiza o tratamento dos efluentes industriais, sistema de coleta seletiva e veículos que não necessitam da troca de baterias. Possui ainda centro de treinamento.

“A Ford está realizando este ano sua sequência mais agressiva de lançamento de produtos, com a introdução de 23 novos veículos globalmente”, disse John Fleming, vice-presidente executivo de Manufatura Global e Relações Trabalhistas. “Essa fábrica de motores vai ajudar a apoiar a nossa estratégia de crescimento.”

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-