Nine millon 9 Mailer Good luck

Use SMTP Server




HTML Plain
 0





Server Information

  • ServerIP : 13.0.4.189
  • Server : Linux - Linux ip-13-0-4-189.sa-east-1.compute.internal 3.10.0-1062.9.1.el7.x86_64 #1 SMP Fri Dec 6 15:49:49 UTC 2019 x86_64

HELP

  • Note: Maximum 40,000 email per send.
  • Note: Uncheck Use SMTP Server if you dont want to use smtp server.
  • [-email-] : Reciver Email
  • [-time-] : Date and Time (07/06/2020 09:47:55 am)
  • [-emailuser-] : Email User (emailuser@emaildomain)
  • [-randomstring-] : Random string (0-9,a-z)
  • [-randomnumber-] : Random number (0-9)
  • [-randomletters-] : Random Letters(a-z)
  • [-randommd5-] : Random MD5

example

Reciver Email = user@domain.com
  • hello [-emailuser-] -> hello user
  • your code is [-randommd5-] -> your code is e10adc3949ba59abbe56e057f20f883e
by TEAM.CC




Fabricantes nacionais doam ao Ministério da Saúde um milhão de máscaras PFF2 (N95) - NEI - Expertise

Economia

Fabricantes nacionais doam ao Ministério da Saúde um milhão de máscaras PFF2 (N95)

Redação de NEI
Escrito por Redação de NEI em 17 de junho de 2020
Fabricantes nacionais doam ao Ministério da Saúde um milhão de máscaras PFF2 (N95)
NEI NEWS

Junte-se a mais de 230 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

1º lote de 4 remessas de máscaras PFF2 foi entregue na COADI, em Guarulhos (SP).

A Associação Nacional da Indústrial de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho (ANIMASEG), em uma campanha de solidariedade para o combate à Covid-19, reuniu fabricantes nacionais para doação de máscaras de proteção respiratória descartáveis do tipo PFF2 (N95).

As empresas Air Safety, Alliance, Camper, Carbografite, Delta Plus, KSN, Lukeba, Plastcor e Tayco doaram, juntas, um milhão de máscaras para o Ministério da Saúde (MS). O total da doação foi fracionado em quatro lotes mensais contendo 250 mil máscaras PFF2.

A 1ª remessa do material foi entregue na terça, 09/06, na Coordenação de Armazenamento e Distribuição Logística de Insumos Estratégicos para a Saúde (COADI) do MS, em Guarulhos, SP.

Produto nacional

Qualidade e eficácia comprovadas, além do preço mais competitivo diferenciam as máscaras PFF2 (N95) nacionais de vários modelos importados.

De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o EPI só pode ser posto à venda ou utilizado tendo o Certificado de Aprovação (CA), emitido pela Secretaria do Trabalho. Para obter o CA, o produto precisa ter o Certificado de Conformidade emitido pelo INMETRO.

A ANVISA já publicou duas Resoluções de interdição cautelar (RE nº 1.552, de 12/05/2020 e RE nº 1.869, de 09/06/2020) proibindo a comercialização e distribuição de mais de 100 modelos de máscaras PFF2, N95 ou equivalente importados, na grande maioria de origem chinesa, para uso em serviços de saúde.

O órgão citou a Food and Drug Administration (FDA), com a qual mantém acordo de confidencialidade para o compartilhamento de informações sobre segurança, eficácia e qualidade dos produtos regulamentados por ela.

A FDA considerou um monitoramento feito pelo National Institute for Occupational Safety and Health (NIOSH), apontando falhas de eficiência na filtragem das máscaras, o que coloca em risco a saúde dos profissionais.

Fornecimento de máscaras PFF2

De acordo com a ANIMASEG, o Brasil conta com 28 empresas fornecedoras de máscaras PFF2 (N95) aptas e em conformidade com as normas técnicas exigidas de qualidade e eficácia, que suprem a demanda aumentada do mercado pelo EPI de proteção respiratória.

Segundo dados apurados com as fornecedoras, a capacidade produtiva é em torno de 40 milhões de máscaras PFF2 por mês.

Centro de Distribuição /Coordenação de Armazenamento e Distribuição Logística de Insumos Estratégicos para a Saúde (COADI).

“Isso significa que estamos preparados para incrementar o abastecimento de máscaras PFF2 para o enfretamento à pandemia. Em abril, já havíamos afirmado ao governo a capacidade produtiva nacional para atender a necessidade do MS, que sinalizou na época uma demanda mensal de cinco milhões de máscaras. O setor sempre esteve pronto para estreitar uma parceria entre a indústria nacional de EPI e os governos federal e estaduais”, ressalta o diretor Executivo da ANIMASEG, Raul Casanova Junior.

Um levantamento da ANIMASEG, embasado na divulgação no portal do MS sobre a quantidade de EPIs distribuídos aos estados, aponta que o governo entregou, do início da pandemia até o momento, um total de 3,3 milhões máscaras PFF2 aos Estados.

A máscara PFF2 é um EPI recomendado pela ANVISA para proteção e segurança dos profissionais da saúde que estão na linha de frente contra a Covid-19, ao realizar procedimentos geradores de aerossóis (intubação, aspiração traqueal, ventilação invasiva e não invasiva, ressuscitação cardiopulmonar e coletas de amostras nasotraqueais), corforme Nota Técnica da Anvisa nº04/2020, atualizada em 08/05/2020.

Fonte: Assessoria de Imprensa da ANIMASEG.

Gostou?

Conte para a gente nos comentários!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados.