Embrapii tem R$ 1 bi para pesquisa e inovação industrial em 2013 e 2014

2 minutos para ler

A Empresa Brasileira para Pesquisa e Inovação Industrial – Embrapii possui investimentos previstos de R$ 1 bilhão para 2013 e 2014. Os recursos são provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT e dos parceiros envolvidos. O modelo dessa organização social foi apresentado pela presidenta Dilma Rousseff nesta quinta-feira, 14 de março.

A missão é fomentar o processo de cooperação entre empresas nacionais – em especial as pequenas e as médias – e instituições tecnológicas ou instituições de direito privado sem fins lucrativos, voltadas à pesquisa e ao desenvolvimento. A Embrapii é uma iniciativa do governo federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI, com a Confederação Nacional da Indústria – CNI e o Ministério da Educação – MEC.

O projeto-piloto envolve o Instituto Nacional de Tecnologia – INT/MCTI, do Rio de Janeiro, o Instituto de Pesquisa Tecnológica – IPT, de São Paulo, e o Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia – Cimatec, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai. No projeto-piloto, o IPT desenvolve programa na área da biotecnologia, o INT atua nas áreas de energia e saúde e o Cimatec, em automação e manufatura.

A iniciativa se espelha na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa. “A Embrapa é um excelente exemplo da feliz união entre o conhecimento, a produção científico-acadêmica e o sistema produtivo”, disse Marco Antonio Raupp, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação. Outra referência para a criação da Embrapii foi a organização alemã Sociedade Fraunhofer.

Fonte: com informações da Agência Brasil.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-