Eficiência é a palavra de ordem!

3 minutos para ler

Diariamente recebemos as mais diversas informações sobre o mundo empresarial: lançamentos de produtos, feiras de negócios, notícias econômicas, pesquisas, descobertas e artigos de especialistas. Uma infinidade de temas, áreas e empresas. O que tem nos chamado a atenção são as soluções que muitas companhias estão ofertando e também adotando para reduzir custos e ser mais eficientes. Desde iniciativas para economizar energia e fazer uso racional da água – com práticas conscientes e novas tecnologias –, até revisitar e simplificar processos, reduzir custos, descobrir novas estratégias de negócios e investir na inovação de produtos – valorizando seu papel na busca de eficiência.

E essa tem sido a palavra de ordem na indústria – EFICIÊNCIA. Em entrevista recente à NEI, o gerente de desenvolvimento de negócios da Mitsubishi Electric, Luiz Tadashi Akuta, afirmou que o cenário atual – aqui e lá fora – dá sinais de uma megatendência: inovar focando eficiência e otimização. Segundo Tadashi Akuta, precisamos preparar nossas fábricas para se tornar o mais eficiente possível; assim reagirão com muito mais velocidade e custo baixo tão logo o mercado volte a aquecer.

Por isso a necessidade de conhecer soluções tecnológicas que realmente venham somar, ajudando a indústria a se tornar mais moderna e eficiente. A edição da Revista NEI de agosto dedica parte de seu conteúdo editorial ao tema Automação Industrial, essencial para as companhias que planejam otimizar sua manufatura e obter maior eficiência, qualidade e menores custos.  São mais de 40 novos produtos voltados à automatização dos mais variados processos industriais! Algumas das notícias apresentadas nessa edição estão alinhadas à Indústria 4.0 – conceito que preconiza a evolução dos sistemas produtivos atuais a partir do uso de redes inteligentes, Internet das Coisas e Big Data.

Para aprofundar esse tema, ainda pouco disseminado no Brasil, conversamos com três especialistas no assunto que ajudaram a conceituar a indústria 4.0, explicando seus benefícios e desafios: Fabrício Junqueira, docente e membro do Laboratório de Sistemas de Automação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Roberto dos Santos, gerente regional de produtos para as Américas da Festo Brasil; e Carlos Cesar A. Eguti, pesquisador e pós-doutorando do Centro de Competência em Manufatura do ITA. Essa reportagem abre a seção Automação Industrial na página 18. Uma evolução da indústria do século XVIII até a Indústria 4.0. também pode ser conferida no artigo exclusivo de Eguti, divulgado aqui.

A Indústria 4.0 tem sido foco dos debates em todo o mundo. Seus benefícios estão relacionados ao aumento de produtividade, redução de custos, melhoria da qualidade, aumento da segurança e precisão, economia de energia, fim do desperdício e personalização. Tudo isso impacta no desenvolvimento de novas soluções que venham acrescentar eficiência ao processo industrial. Independente do momento econômico atual, as inovações estão acontecendo. E sua empresa precisa conhecê-las!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-