Dicas técnicas

Compressor de ar: dicas para fazer a escolha certa

Redação de NEI
Escrito por Redação de NEI em 5 de junho de 2020
NEI NEWS

Junte-se a mais de 230 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O compressor de ar é um excelente equipamento usado nos mais diferentes segmentos para proporcionar maior eficiência as ferramentas que executam atividades pesadas, além de proporcionar maior segurança de todos os envolvidos no ambiente. O compressor transforma a energia mecânica em energia potencial armazenada na forma de ar pressurizado (ar comprimido), e pode ser utilizado desde processos com gás e serviços de vácuo até a refrigeração. 

Listamos algumas dicas valiosas para facilitar na melhor escolha do compressor de ar, continue a leitura. veja abaixo: 

Compressor de ar: o que é?

O compressor de ar é um equipamento mecânico pneumático essencial para realizar trabalhos em diversos locais, tais como aparelhos motores à jato, em indústrias de refino, manufatura e indústrias automobilística, além de garantir que as ferramentas pneumáticas proporcionem maior segurança do que as ferramentas elétricas. Os compressores são dispositivo multi-tarefas, utilizados para fornecer o ar comprimido ou energia em um espaço determinado, podem ser aplicados para qualquer finalidade que requeira a compressão do ar, e assim se obter maior potência no motor do equipamento. Cada tipo de compressor de ar pode variar em método de refrigeração, fonte de alimentação, estágios de compressão e lubrificação.

O compressor de ar funciona em duas fases: a operação de compressão e a operação de liberação. A principal função de um compressor de ar é, transformar o ar em energia, fazendo com que as ferramentas nele encaixadas funcione com máxima capacidade

Compressores de ar: quais são os principais modelos? 

Compressor de ar: Modelos

Compressor de pistão: Também conhecido como compressor alternativo, ele gera ar comprimido através da movimentação de pistões, que ficam localizados dentro de um cilindro, são acionados por uma cambota para fornecer gases a alta pressão. Pode ser utilizado em centros automotivos, mecânicas, em postos de combustível, pinturas residenciais e prediais, consultórios dentários e indústrias.

Compressor de parafuso: Semelhante ao compressor pistão, porém, as principais peças do elemento de parafuso duplo são rotores, macho e fêmea, eles se deslocam na direção um do outro, assim comprimindo o ar, podem funcionar em alta velocidade. Pode ser utilizado em centros automotivos, mecânicas, em postos de combustível, pinturas residenciais, prediais e indústrias.

Compressor de ar direto: É um modelo de compressor que não possui reservatório, assim que o equipamento é desligado, a produção do ar é cortada. É um compressor portátil e de fácil manuseio. Pode ser utilizado em trabalhos leves, pinturas residenciais e trabalhos domésticos.

Compressor de ar centrífugo: Neste compressor o ar entra no sistema no sentido axial na parte de dentro do rotor. Em seguida esse ar é direcionado verticalmente ao eixo, através da força centrífuga gerada pela rotação do rotor e pelo formato das pás, onde o ar é acelerado. Pode ser utilizado em centros automotivos, mecânicas, em postos de combustível, pinturas residenciais, prediais e indústrias. 

Compressor de ar: onde usar?

Os compressores podem ser utilizados em diversas atividades, e também segmentos para atender as necessidades da empresa, como: centros automotivos, mecânicas, em postos de combustível, pinturas residenciais e prediais, consultórios dentários, indústrias e até mesmo em serviços domésticos. 

Compressor de ar sem óleo: quando usar?

Os compressores sem óleo fornecem ar limpo na saída, usam menos peças de reposição, e têm maior disponibilidade de funcionamento, o que significa menor necessidade de paradas para manutenção

Por conta de sua funcionalidade que independe de óleo, é um equipamento que emite menos poluentes, sendo um produto mais ecologicamente adequado. Seu uso é comum na indústria eletrônica, nomeadamente no fabrico de semicondutores, na indústria farmacêutica, química e médica, na indústria automóvel em operações de montagem e acabamento, bem como na indústria agroalimentar.

Compressor de ar: normas de regulamentação

Para a utilização de compressores de ar, se faz necessário o conhecimento de algumas normas regulamentadoras, entre elas estão:

NR-12: Esta Norma Regulamentadora diz sobre, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos, e ainda à sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título, em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da observância do disposto nas demais Normas Regulamentadoras – NR aprovadas pela Portaria nº 3.214, de 8 de junho de 1978, nas normas técnicas oficiais e, na ausência ou omissão destas, nas normas internacionais aplicáveis.

NR-13: Esta Norma Regulamentadora estabelece alguns requisitos para a gestão da integridade das cadeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação no que se diz respeito à instalação, inspeção e operação visando a segurança e a saúde dos trabalhadores e operários. A Nr 13 é administrado em compressores equipados responsáveis por absorver o ar atmosférico comprimido e enviado para reservatórios de armazenamento.

Compressor de ar: dicas de utilização

Para utilizar da melhor forma possível o compressor de ar, é importante sempre verificar os requisitos das ferramentas de ar que você estará usando. Alguns questionamentos devem ser feitos para sua tomada de decisão, entre eles: Você vai usar o compressor para uso industrial e impulsionar um maquinário pesado, ou fará uso do compressor para trabalhos caseiros e rotineiros, como ligar uma pistola de calafetagem ou encher pneus, colchões e bolas? 

Você provavelmente vai precisar de um compressor de pistão com um tanque caso planeje um uso industrial, enquanto pode precisar de um compressor portátil sem um tanque caso planeje usá-lo apenas em torno da casa. Veja abaixo algumas dicas importantes antes de escolher o compressor ideal para sua atividade:

  1. Pressão do ar: Verifique no manual do equipamento se a pressão de ar do mesmo atende suas necessidades, na maioria das fichas técnicas ele se nomeia como PSI;
  2. Tanque: Você deve escolher o tamanho do reservatório de acordo com seu uso, quanto maior o tempo de uso, maior deve ser o armazenamento do seu compressor. Para trabalhos rápidos, é indicado o uso de um compressor de ar direto ou um mini compressor.
  3. Força: Uma coisa que você precisa observar antes de comprar um compressor de ar é a quantidade de potência que ele tem, pois isso determinará sua eficiência, principalmente em trabalhos pesados.
  4. Tamanho: O tamanho de um compressor de ar certamente pode ser importante, especialmente em longo prazo e em locais pequenos. Pense se você tem espaço em sua oficina, casa ou veículo para que o compressor seja armazenado com segurança enquanto não estiver em uso sem atrapalhar.
  5. Fonte de alimentação: Você terá o luxo de ter eletricidade em todas os momentos ou haverá momentos em que estará em ambientes sem eletricidade? Caso você fique próximo a uma tomada em todos os momentos, o ideal é escolher um sistema de acionamento com um motor elétrico. Caso contrário, você será obrigado a acionar o compressor através de um motor à gasolina.
  6. Mangueira: Não se esqueça do comprimento da mangueira. Onde o compressor ficará armazenado em relação à área de trabalho? Se o compressor estiver na garagem e o trabalho acontecer na garagem, escolha de acordo.
  7. Ruído: O ruído é certamente algo em que você deve pensar, especialmente se você planeja usar o compressor de ar para fins residenciais. Agora, muitas máquinas são construídas com o silêncio em mente, especialmente os compressores menores para uso doméstico.
  8. Compressores sem óleo: Podem soar bem na loja, mas eles podem parecer ruins em sua garagem. Compressores sem óleo podem ser muito barulhentos, então esteja ciente disso antes de comprar. No entanto, eles entregam um ar mais puro do que aqueles lubrificados a óleo.
  9. Necessidades: Analise suas necessidades e depois procure por um compressor que as supra.
  10. Segurança:  Sempre que você compra um equipamento, deve estar ciente de sua integridade e de outras pessoas também. Para isso, deve-se manter o equipamento em um local limpo, sem contato com água ou algum produto inflável, fazer a instalação correta do equipamento e se atentar com os fios.

Compressor de ar: recomendações importantes

Após levar em conta todos os apontamentos que fizemos anteriormente, deve-se levar em consideração ainda:

  • É recomendado a utilização de equipamentos de proteção individuais (EPIs) adequados conforme cada aplicação.
  • Nunca permita o contato do compressor com substâncias inflamáveis pois o mesmo possui partes quentes.
  • Antes e durante o uso do equipamento, faça testes de pressão, verifique se existe algum tipo de vazamento. Essas medidas são necessárias para que não haja acidentes e nenhum dano no material.

Na NEI, há diversas opções de modelos e marcas de compressores de ar para atender às necessidades de sua empresa, não deixe de consultar nosso site: nei.com.br

Gostou?

Conte para a gente nos comentários!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *