Caterpillar terá em Piracicaba sua primeira unidade de remanufatura da América do Sul

2 minutos para ler

Para proporcionar que produtos no fim da vida útil tenham as mesmas condições de novos, a Caterpillar instalará em Piracicaba-SP sua primeira fábrica da América do Sul destinada à remanufatura. A empresa investirá R$ 20 milhões, gerando 70 empregos diretos. A operação também incluirá uma linha de montagem de mangueiras hidráulicas para dar suporte às atividades das fábricas da Caterpillar no País. A previsão é de que os trabalhos comecem em agosto deste ano.

A remanufatura começará quando o cliente entregar ao fabricante um componente sem condições de uso. Em seguida, este será desmontado e passará por limpeza e inspeção. Nessa etapa, com base no modelo original, será verificado o que deve ser feito com cada peça para que o componente volte a ter as características de um produto novo.

Na recuperação de subcomponentes, poderão ser empregadas diversas técnicas. Por isso, a linha de produção da nova unidade será bastante similar à de uma peça nova. Na fase de recuperação, também poderão ser adicionados itens novos.

A penúltima etapa da remanufatura será a de montagem do equipamento e, a última, a realização de uma série de testes. Por isso, após passar pelo processo de remanufatura, o componente sairá da fábrica com a garantia original e chegará a custar 40% menos que o novo.

“Essa é uma das mais importantes contribuições da Caterpillar ao desenvolvimento sustentável, pois estenderemos a vida útil dos recursos não renováveis”, afirmou Luiz Carlos Calil, presidente da Caterpillar Brasil.

Atualmente, nas 17 fábricas de remanufatura da Caterpillar no mundo, apenas 1% do material recebido é descartado como resíduo. A empresa é capaz de remanufaturar mais de seis mil tipos diferentes de peças.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-