Driblando as crises a partir de novas tecnologias

A indústria brasileira tem, neste ano, a difícil tarefa de enfrentar, além da crise econômica, as crises hídrica e energética, todas de uma só vez. Para driblar essa conjunção de fatores, a indústria precisa se planejar e ainda administrar de forma eficiente recursos como água e energia, indispensáveis à atividade industrial.

Brasileiro ex-diretor da AMT cria empresa de consultoria de negócios internacionais de manufatura nos EUA

Após mais de quatro décadas atuando com tecnologias de produção em vários países, inclusive ocupou até o início deste ano a posição de diretor de desenvolvimento de negócios da The Association For Manufacturing Technology – AMT, dos EUA, Mario Winterstein, abre a IBDGi – International Business Development Group, Inc, uma prestadora de serviços de apoio e planejamento estratégico a empresas na área de marketing e vendas internacionais de equipamentos de manufatura. Está localizada em Herndon, Virgínia, na área metropolitana de Washington, DC, nos Estados Unidos.

Brasil sediará em 2016 a primeira edição latina da Pollutec

novo espaço de eventos, o São Paulo Expo, antigo Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo-SP, será realizada a primeira edição na América Latina da feira bianual de origem francesa Pollutec. Já realizada também no Marrocos e Argélia, a Feira Internacional de Tecnologias e Soluções Ambientais é dedicada a apresentar as mais recentes inovações para o setor ambiental no mundo.

UFABC procura empresas para parcerias

A Agência de Inovação InovaUFABC, órgão da Universidade Federal do ABC, está cadastrando empresas interessadas em desenvolver cooperação tecnológica e projetos de empreendedorismo com a universidade.

Continental adquire a Veyance

A Continental, fornecedora internacional da indústria automotiva e fabricante de pneus, acaba de concluir a compra da empresa americana de borracha Veyance Technologies Inc. após a autoridade antitruste brasileira Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE também ter aprovado a transação sob condições. O volume da transação é de 1,4 bilhão de euros. Trata-se da mais significativa aquisição da história corporativa recente da empresa.

Mais de R$ 42 mi investidos em modernização levam a Imbil a aumentar sua receita líquida em 33%

Quando a crise financeira mundial eclodiu no final de 2008 e início de 2009, causando turbulências na economia de vários países, muitas empresas brasileiras suspenderam ou adiaram seus projetos de expansão e modernização, mantendo uma postura mais cautelosa. O Brasil não foi então profundamente afetado pela crise, mas registrou alguns entraves ao crescimento, como queda no consumo das famílias, redução no investimento das empresas e aumento de desemprego, levando, na época, o governo a lançar pacotes anticrise. Foi um momento de expectativa e incertezas, registradas diariamente pelos grandes veículos de comunicação, que divulgavam informações sobre o vaivém da economia. A notícia da seção de Economia/Negócios do Estadão de março/2010 é um exemplo: “PIB do Brasil fecha 2009 com retração de 0,2%, a primeira queda anual em 17 anos”.

O impacto da impressão 3D na manufatura

A impressão 3D está para a manufatura o que a primeira viagem à Lua foi para o desenvolvimento da tecnologia aeroespacial e demais tecnologias, incluindo telecomunicações, eletrônica e óptica. Na impressão 3D também o importante não é o destino, mas a jornada. É o que se cria no caminho para alcançar um objetivo, que beneficiará muitas outras áreas.