Economia

Brasil x China: pequenas empresas são as mais atingidas pela importação de produtos chineses

fevereiro 4, 2011
Tempo de leitura 1 min

A pesquisa Sondagem Especial China, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), na quinta-feira (3 de fevereiro), mostra que 45% das indústrias brasileiras que competem com empresas chinesas perderam participação no mercado interno em 2010 e que uma em cada quatro sofre reflexos dessa concorrência (28%), sendo o grupo das pequenas empresas o mais atingido. Já os segmentos mais afetados pela presença da China no mercado brasileiro são o de material eletrônico e de comunicação, têxteis, equipamentos hospitalares e de precisão, calçados e máquinas e equipamentos. No caso de material eletrônico e de comunicação, a disputa fica ainda mais intensa, atingindo mais de 70% das empresas desses setores.

A disputa não fica só no Brasil, tratando-se do mercado externo, a disputa fica ainda mais intensa. Os dados mostram que 52% das empresas brasileiras exportadoras competem com produtos chineses no mercado externo.

Um dado animador é que 50% das empresas industriais brasileiras já definiram uma estratégia para enfrentar a competição com produtos chineses, dentre elas, investir em design e qualidade dos produtos, bem como redução de custos e ganho de produtividade.

Acesse aqui produtos para incrementar sua planta e ajudar na concorrência com os chineses.

Crédito: Wesley Sarto é graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduado em Marketing pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Desde de 2004 atua na área de comunicação e marketing e desde de 2007 integra a equipe de NEI Soluções.

Você também pode gostar

4 Comentários

  • Responder Klayton fevereiro 11, 2011 at 5:14 pm

    repassem é realmente muito importante para economia do Brasil , o Brasil vai falir temos que ter consciência disto

    importação de maquinas e equipamentos da china temos que tomar cuidado pois se assim continuar o Brasil vai falir , nós brasileiros estamos ficando cada vez mais pobre, enquanto a china festeja grandes lucros ,o Brasil vai falir se continuar as exportações da china ,vamos todos falir logo vai virar uma avalanche ,muitas gentes desempregadas e muitas firmas falidas, os funcionários do Brasil vão ter que trabalhar dia e noite, este vai ser o único jeito de fazer para que o Brasil possa concorrer com a china, os empregados vão ter que trabalhar 24hs por dia vamos ser escravos, vamos receber apenas meio salário mínimo
    sem direito a nada ferias fgts aposentadoria etc, os primeiros a pagarem por isso vai ser aqueles que estão apoiando a china, eles vão ser os primeiro a falir para quem eles vão vender o produtos trazidos da china se as empresas todas vão falir? para a china?

    resumindo o que os empresário vão fazer quando a suas empresas falirem? trabalahr pro chineses

  • Responder Marcos maio 4, 2011 at 12:26 pm

    Santa ignorância!!!
    Temos que importar não só produtos industriais e tecnológicos da china, mas tb combustíveis, GNV e tudo mais que pudermos forçar uma quebradeira geral dos gananciosos empresários e famintos governantes que só pensam em aumentar suas arrecadações com nossos impostos.
    Eu tenho mesmo é muita vergonha de ser brasileiro e de ser dominado por esse bando de corruptos, vagabundos.

  • Responder automatic likes instagram março 21, 2014 at 11:48 pm

    Muito bom o post amei vou sempre visitar seu blog !!

  • Responder automatic likes instagram março 21, 2014 at 11:51 pm

    interresante post !

  • Deixe um comentário


    Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743