Economia

Boas perspectivas

maio 27, 2016
Tempo de leitura 2 min

Um novo governo, uma nova equipe econômica e muitos desafios, sobretudo o de se recuperar a confiança do brasileiro, do investidor, do empresário. Alguns estudos divulgados este mês apontam para dias melhores. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), por exemplo, medido pela Confederação Nacional da Indústria – CNI, registrou um crescimento positivo em maio: 4,5 pontos a mais em relação a abril, atingindo 41,3 pontos – a maior alta em 6 anos. O valor do ICEI é o maior em 16 meses, mesmo estando abaixo dos 50 pontos. A forte alta foi puxada, segundo a CNI, pela melhora das expectativas dos industriais, cujo indicador cresceu 5,7 pontos em maio ante abril. O índice de expectativa sobre a economia brasileira teve elevação de 8,6 pontos e o de perspectivas sobre a empresa aumentou 4,1 pontos.

O mês de maio também marcou o superávit de nossa balança comercial, atingindo US$ 1,747 bilhão – resultado das exportações de US$ 4,370 bilhões e US$ 2,622 bilhões das importações. Entre os destaques das exportações estão o crescimento de 13,2% na venda de produtos semimanufaturados e a queda de 3,3% dos produtos básicos.

Uma análise do economista Ricardo Amorim, no artigo “e agora, Temer?”, publicada logo após a aprovação, pelo Senado, do processo de impeachment de Dilma Rousseff, sugere que este novo governo tem todas as condições de colocar o Brasil de volta em uma rota de crescimento econômico, e ainda sinaliza uma recuperação econômica no segundo semestre deste ano, desde que as medidas econômicas discutidas sejam realmente implementadas.

Segundo Amorim, o Brasil está passando por transformações importantes na aplicação da lei, na política e na condução da economia. E que a crise econômica deve ser seguida de uma recuperação mais forte do que a imensa maioria imagina. O futuro do Brasil, afirma Amorim, dependerá de como a sociedade vai se posicionar não apenas durante, mas também passada a tormenta atual. E ainda sugere que o futuro está cheio de oportunidades.Transformá-las em realidade dependerá de cada um de nós. Ricardo Amorim acaba de lançar o livro “Depois da Tempestade”, uma análise do governo do PT e de como o Brasil mergulhou nessa crise. Mas mostrando que a recuperação pode ser mais rápida do que se espera.

Para ler o estudo da CNI, acesse aqui.

Para ler o o artigo de Ricardo Amorim, acesse aqui:

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/expertisenei/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743