AGC Vidros financia R$ 322,2 milhões para investir em sua nova fábrica

1 minuto para ler

A nova unidade industrial terá 137 mil m² de área construída – em terreno de 746 mil m² – com capacidade para produzir 600 toneladas/dia de vidros planos. Serão abertas quatro linhas de produção: vidro float (o material em sua forma básica); vidros temperados e laminados para veículos; espelhos; e coater (revestimento de vidro). Segundo a AGC Vidros, durante as obras, serão gerados aproximadamente 1.600 empregos indiretos e, após a conclusão do projeto, a fabricante de vidros estima criar 500 postos de trabalho.

Localizada em Guaratinguetá (SP), a nova planta do grupo japonês contemplará ações para conservação ambiental, como isenção de cobre no processo de produção de espelhos, controle de emissão de gases, conservação de energia e tecnologias que contribuem para a redução do consumo de água.

Os R$ 322,2 milhões, financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, representam 35% do valor total a ser investido no projeto.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-