Afinal, o que o setor de compras industriais procura?

4 minutos para ler

Você entende a responsabilidade do setor de compras industriais da sua empresa? Esse departamento é responsável pela aquisição de todo material necessário para que a organização mantenha os seus processos produtivos funcionando e, ainda, ofereça conforto aos funcionários e clientes do negócio.

O ciclo de compras no setor industrial é mais complicado, funcionando como um processo de duas etapas. Aqui, o comprador percebe que existe uma necessidade e ele procura por um fornecedor para adquirir o seu produto ou serviço.

Mas, afinal, o que o setor de compras procura? Neste post, detalhamos alguns fatores essenciais de que esse departamento precisa para garantir bons resultados para a empresa. Vamos lá!

Onde os compradores industriais encontram o que precisam?

Nas revistas que publicam as principais novidades e lançamentos do mundo inteiro, tipo Revista NEI e nos portais que disponibilizam informações de fornecedores e dos produtos com especificações técnicas e atributos, tipo: NEI.com.br

Preço baixo de aquisição

Essa é, de longe, a principal meta do setor de compras industriais. Um departamento bem administrado deve permitir que a empresa obtenha economias imediatas com um bom grupo de fornecedores que disponibilizem os melhores preços e condições.

O departamento de compras também pode favorecer a economia da empresa, aproveitando-se de garantias e descontos, muitas vezes, esquecidos por profissionais não especialistas na área. A compra pode ajudar o negócio a economizar, fornecendo maior transparência na maneira como a organização gasta os seus recursos.

Assim, é possível contar com preços mais competitivos, o que, por sua vez, possibilita realizar negociações com contratos melhores e liberar o seu fluxo de caixa.

Bom canal de distribuição

Os canais de distribuição são os caminhos que levam os produtos das organizações aos seus respectivos clientes, no local correto e na hora esperada por eles.

Para escolher os melhores canais para o negócio, é importante entender quais tipos existem e quais deles se adaptam aos objetivos da empresa.

A escolha deve respeitar a estratégia traçada, pensando, principalmente, no tipo de produto que é fornecido e na relação que o público tem com ele. Em um canal direto, a empresa é a única responsável pela entrega, sem a existência de qualquer intermediário durante o processo.

Já em um canal indireto, os intermediários que se encarregam de todas as etapas de transporte até a chegada ao cliente.

Em geral, o intermédio é composto por varejistas, atacadistas e distribuidores. 79% dos profissionais de marketing industrial B2B afirmam que o e-mail é o canal de distribuição mais eficaz para os esforços de geração de demanda.

Boa administração dos pedidos de compras

A análise e a busca permitem antever as oscilações de mercado, evitando que ocorra a ausência ou o excesso de produtos em estoque.

Quando bem feita, essa ação possibilita que a indústria alcance melhores índices de desempenho, com um nível menor de estoque e maior disponibilidade dos produtos no local e horário corretos.

Além disso, é possível assegurar um equilíbrio sustentável entre a produção da empresa e os seus níveis de estoque.

Inovação

O setor de compras industriais está sempre em contato com uma grande variedade de empresas externas. Portanto, ele está em uma posição ideal para adquirir produtos e serviços inovadores que podem fornecer um diferencial competitivo para o negócio — uma vantagem em preço, qualidade ou conveniência.

O departamento de compras tem também um papel muito importante em ajudar a empresa. Ele pode fornecer suprimentos para produtos ou serviços inovadores desenvolvidos pelo próprio negócio.

A tecnologia é uma ótima alternativa para superar momentos de crise e otimizar o tempo com as compras corporativas. Ela é uma grande aliada aos processos do setor de compras industriais.

Com o seu uso, a organização consegue maior facilidade e agilidade para realizar as aquisições da organização.

Gostou deste post? Então, aproveite para nos seguir nas redes Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube para acompanhar mais conteúdos como este!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-