5 passos para investir em plantas industriais fora do país

2 minutos para ler

Em palestra proferida no II NEI International Industrial Conference & Show, Christian Muller, vice-presidente da B. Grob do Brasil, ressaltou 5 pontos importantes para empresas que pretendem construir novas plantas industriais fora do território nacional:

  1. Demanda/Economia mundial: analise se realmente o país a ser explorado necessita dos seus produtos ou serviços.
  1. SWOT empresarial: identifique as forças, fraquezas, oportunidades e as ameaças do mercado a ser atingido. Essa análise promove um confronto entre as variáveis externas e internas, facilitando a tomada de decisões estratégicas.
  1. Busca de competência local: estabeleça contatos locais para entender a cultura empresarial do país. Para Muller, de nada adianta um gerente de produção alemão comandando operadores chineses. Cada país e/ou mercado tem as suas particularidades.
  1. Elaboração de um Business Plan: planeje as partes técnicas do projeto e defina a forma de atuação da organização naquele país. Adapte o perfil da empresa para atender as necessidades do país explorado. Vou trabalhar verticalizado? Vou descentralizar ou trabalhar localmente? Questione-se.
  1. Operacionalização do processo: a partir da elaboração do Business Plan, a operacionalização é iniciada. “a partir desse momento, o empresário precisa implantar na sua nova planta os mesmos processos já citados, como analisar a concorrência, macroeconomia e aprender com seus clientes”, diz Muller.

A edição de dezembro de 2011 da Revista NEI publicará um caderno especial sobre esse e outros conteúdos discutidos no II NEI International Industrial Conferece & Show. Você poderá conferir todo esse conteúdo também no NEI.com.br. Aguardem a partir de 01 de dezembro!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-